Por Neemias Jr. | 20/06/2017

image

Nesta terça-feira, por três votos a dois, a primeira turma do STF determinou que fosse para prisão domiciliar, o ex-assessor do senador Zezé Perrella, Mendherson Souza Lima, que transportou parte dos 2 milhões para Aécio Neves. Mendherson é cunhado do senador Zezé Perrella. A decisão acabou estendida para Frederico Pacheco de Medeiros, primo de Aécio, e para Andrea Neves que é irmã do senador afastado. Os três devem usar tornozeleira eletrônica.

O STF mais uma vez desrespeita nossa pátria amada!

// NEWSLATTER

Cadastre-se e receba novidades.