Por Neemias Jr. | 17/06/2017

image

Uma manifestante de direita interrompeu uma produção de Júlio César em Nova York durante a cena de assassinato e gritou: "Isto é violência contra Donald Trump".

A manifestante, que mais tarde se identificou como Laura Loomer, interrompeu a produção de Shakespeare e gritou "isso é violência política contra a direita", organizadores esquerdistas ficaram extremamente irritados e forçaram Laura a sair do palco.

Jack Posobiec que filmou o ato, gritou em seguida: "Vocês são todos Goebbels. Vocês são todos nazistas como Joseph Goebbels ... Você está incitando terroristas. O sangue de Steve Scalise está nas suas mãos.", em referência ao deputado do partido de Donald Trump que levou tiros de um militante esquerdista.

Na peça Julio Cesar veste roupas de Donald Trump e é brutalmente esfaqueado até a morte por mulheres e minorias.

Esse é o exemplo de democracia esquerdista!

A Fox News denunciou a peça em Nova York e a Delta Airlines e o Bank of America retiraram o apoio alegando desconhecimento da provocação.




// NEWSLATTER

Cadastre-se e receba novidades.