Por Neemias Jr. | 20/06/2017

image

Segundo o Jornal O Globo, o relator da Lava-Jato, Ministro Edson Fachin, determinou que 3 processos contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula que estavam sob responsabilidade do juiz Sergio Moro fossem retirados de Curitiba e encaminhados para outros órgãos.

Os 3 processos eram extremamente importantes, tiveram origem na delação do empreiteiro Marcelo Odebrecht, e, em um deles o empreiteiro contou que Lula atuou como lobista do Grupo Odebrecht em Angola.

Outro caso envolvia Lula e a ex-presidente Dilma, que supostamente atuaram para liberar recursos do BNDES para construção de Usinas Hidrelétricas de Jirau e de Santo Antônio.

O terceiro caso tratava de um pagamento de mesada ao Frei Chico, líder sindical e irmão de Lula.

Segundo a Revista Veja, "nas três situações, a Procuradoria-Geral da República (PGR) se manifestou contra a retirada dos processos de Moro".

// NEWSLATTER

Cadastre-se e receba novidades.