Por Neemias Jr. | 10/08/2017

image

O governo da China diz que permanecerá neutro se a Coréia do Norte atacar os Estados Unidos, mas advertiu que defenderia seu vizinho asiático se os EUA atacarem primeiro para derrubar o regime de Kim Jong-un.

"Se os EUA e a Coreia do Sul realizarem ataques tentando derrubar o regime norte-coreano para mudar o padrão político da Península Coreana, a China os impedirá" informou o Global Times, um jornal chinês diário controlado pelo Partido Comunista.

Enquanto isso, outros países da Ásia-Pacífico saíram em apoio dos Estados Unidos no caso de um ataque nuclear da Coréia do Norte.

O ministro japonês da Defesa, Itsunori Onodera, disse nesta semana que o exército de sua nação estava pronto para derrubar mísseis nucleares norte-coreanos, se necessário. 

O chefe do Pentágono, James "Cachorro Louco" Mattis, emitiu seu próprio aviso, dizendo a Kim Jong-un que ele está arriscando destruir seu regime e seu povo se ele atacar.

Tudo isso está acontecendo por causa da demência de Barack Obama que permitiu que Kim Jong-un desenvolvesse armas nucleares.

As empresas americanas também possuem sua parcela de culpa, porque migraram suas fábricas para China e agora estão vendo o dinheiro dos EUA sendo usado contra os americanos.

// NEWSLATTER

Cadastre-se e receba novidades.